Noemi pediu para que descrevêssemos alguma coisa simples, que se fizéssemos cotidianamente, de forma tão detalhada que ela acabesse soando estranha.

*

A barriga encostada na pia. Começa pelos olhos e desloca de um lado a outro a película transparente. Com sorte, as lentes estarão no lugar, mas às vezes é preciso levantar a pálpebra e buscar (consequentemente com um olho só, o outro) onde estará a maldita dobrada no canto do fundo da puta que o pariu. Lamenta não ter praticado a vesguice tanto quanto as amigas no pátio da escola, (sempre teve medo que assoprassem seus olhos e ela ficasse assim para sempre). A parte do rímel é fácil, algodão, tecnologias bifásicas e está resolvido, mas ela sempre enfia uma nova etapa depois disso, um novo sabão, um creminho removedor de algum resquício da poluição ou da idade. Mas o pior é a bendita pia. Ela jamais desconfiou que teria que apoiar a cabeça na torneira com os olhos fechados e se orientar pelo som para ter certeza de acertar a água dentro da área quadrada da pia modernosa, pequenina mas ordinária, sugerida pela arquiteta (que certamente não lava o rosto tão bem quanto ela). E não adianta: entra sabão no olho, arde, ela se apressa e mancha a toalha com os restos invencíveis de rímel (maldita tecnologia bifásica). A água sempre escapa, formando uma poça no tampo de ladrilhos coloridos, ou quase sempre, o que torna certas noites muito mais especiais.

(Luciana Annunziata)

*

O som é eletrônico. Conhecido. 1o, 2o, 3o, 4o, para. 1o, 2o, 3o, 4o, para.
Duas orelhas brancas, dois olhos pretos. Escuro. Quieto.
O som é eletrônico. Chato. 1o, 2o, 3o, 4o, para. 1o, 2o, 3o, paro.
Agora um pé. Encolhe.
Uma mão. Desaparece. Devagar.
O som é eletrônico. Insistente. 1o, 2o, 3o, 4o, para. 1o, 2o, 3o, 4o, para.
Dois pés. Duas mãos. Dois braços.
Duas orelhas brancas, dois olhos pretos. Duas patas. Mais duas. Uma língua.
O som é eletrônico. Feio. 1o, 2o, 3o, 4o, para. 1o, 2o, 3o, 4o, para.
Olhos no teto.
O som é eletrônico. Odeio. 1o, 2o, paro.
O pé no tapete. A janela aberta. A árvore e a rua.
Um rabo branco, duas patas traseiras.

(Elidia Novaes)

*

Estendo a mão para o tubo de sabão e espalho em quatro espaços: face direita, face esquerda, queixo e, quantidade um pouco maior, no lugar do bigode.
Depois o pincel: deve ser encharcado com agua fria e sacudido para eliminar o excesso. Na mesma sequencia pincelo a face direita, molho o pincel, face esquerda, molho o pincel, queixo, molho o pincel e, com esmero, toda a área por baixo do nariz.
Agora a lâmina – que deve ser trocada toda a semana – segue inicialmente por um desvio invertendo em parte o caminho do sabão e do pincel: primeiro o bigode. A seguir volto ao caminho antigo: face direita, esquerda e queixo.
O que sobrou de sabão no pincel vai novamente para o bigode, área essa que tem o privilégio de uma repassada mais lenta e cuidadosa da lâmina.
A mão percorre toda a face para ver se algum retoque é necessário. Tudo em ordem? Então a língua empurra a bochecha logo abaixo do canto da boca de um lado, lâmina, de outro, lâmina. E pronto. Em dois minutos estou entrando na ducha.

(Alcino Bastos)

*

Café da manhã

O caminho do quarto até a cozinha: 18 passos às 8 da manhã. Talvez apenas 10 às 2 da tarde. O café na máquina não leva mais de um minuto, mas a torrada com requeijão não tem tempo certo. Pego uma na lata que veio com panetone, sempre a mais tostada, e, com a faca de cabo azul, da mesma forma que um assassino estuda a sua vítima, me preparo para abrir a tampa do pote Poços de Caldas. Uma vez aberta, observo aquela brancura quase cósmica que tem consistência de nuvem e desejo de ser deflorada. Sem desgrudar o olho, miro o centro da massa espessa e penetro fundo com a faca até sentir que já se formou ao redor dela um creme consistente que deito suavemente sobre a torrada, cuidando para que não escorra pelas bordas.

(Lidia Izecson)

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s