O exercício proposto era escrever um parágrafo, usando uma negação indireta para falar de uma característica de uma personagem. Tivemos 15 minutos para realizar, e esse é o resultado.

“Marcela fechou os olhos e correu pelo cruzamento da Rebouças com a Brasil às 18h36. Chegou ao outro lado ruindo, triunfante. Ele estava tão encantado que não percebeu naquele instante, que a audácia da moça frente a efemeridade de seu corpo físico não se limitava apenas às leis de trânsito.”
Adriana Rossatti

“Toda a alegria na vida de Lucia vinha de um momento único no tempo. Foi naquele churrasco ao qual nem queria ter ido, pensou, se não tivesse intuído que Alberto não tinha somente aquela beleza quase feminina, que parecia tão vazia, conforme os comentários que havia escutado entre as amigas.”
Alcino Bastos

“Quem via Antonia rezando contrita, se persignando e tomando a comunhão como se fosse o mais rico alimento, nunca poderia imaginar que a mesma fome a consumia diante de acepipes bem menos espirituais.”
Eduardo Muylaert

O Avarento

“Pedro caminhava a passos curtos. Calculava meticulosamente as possibilidades de trajetos para ter certeza de fazer o menor percurso. Era seu jeito e sua diversão. Outros cálculos seus tinham motivações menos hedonísticas e traziam benefícios mais concretos.”
Eva Maria Lazar

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s